30.5.12

Act of Valor. The only easy day was yesterday

Hoje trarei a crítica do filme Act of valor conhecido no Brasil como Ato de coragem. História: Bem o filme narra a história de um esquadrão das forças especiais da marinha (u.s navy seals)conhecido como esquadrão bandito, que tem como objetivo localizar e neutralizar um terrorista que está trazendo pânico para a América. A história pode parecer simples e comum de qualquer filme de guerra, porém essa história foi baseada em missões reais, trazendo um ponto de visão real da guerra. Mas a história do filme é trazida para uma forma tão realista e ao mesmo tempo algo que não incomode as famílias dos soldados (sim, por mais estranho que pareça alguns filmes baseados em fatos reais incomodam as famílias dos personagens que tiveram uma presença real em campo). O filme traz desde de linguagens usadas pelos soldados reais como táticas e armas reais. Áudio: O filme possui um som e trilha sonora marcante algo que dificilmente você encontrara em filmes de guerra, pois além das músicas orquestradas serem sensacionais o som das armas são todos reais. O filme não possui uma super produção de Hollywood mas sim uma equipe de áudio sensacional desde a gravação até a mixagem do som feita por computador (oque falta em muito filme brasileiro). As vozes dos atores combinam perfeitamente com a de soldados (já que são soldados ou passaram por treinamento dos seals)não possui uma falha de voz ou de som de fundo. Atuação: Alguns dos atores representando soldados no filme são ou eram soldados reais ou passaram pelo treinamento militar, lógico a atuação deles não e como a de milhares de atores sensacionais por ai, mas conseguiram expressar o medo a angústia e a dor real de um soldado. Você pode ver o filme e pensar nossa esses atores não tem o rosto de muitos atores por ai (mas na boa se quer ver rostinho bonitinho vai ver crepúsculo) pois trazem realmente a face de um soldado. Filmagem: O filme apresenta uma boa movimentação de câmera, não deixando você tonto nem confuso com a cenas de tiros em que você não sabe quem é quem. Uma coisa interesante que o diretor conseguiu planejar e sair perfeitamente foi a visão em primeira pessoa (como se você estivesse na pele do soldado) ele não traz a cena toda hora ele colocou a cena onde deveria ser colocada, algo que se encaixou perfeitamente. Desde as expressões até os alvos foram bem filmados trazendo uma visão do filme que nao deixe você confuso ou perdido. NOTA:10/10 O filme traz perfeitamente a vida de um soldado provando que nem mesmo os melhores do mundo são inquebráveis O filme sairá no final do ano no Brasil mas como nós da BL queremos sempre trazer o melhor conteúdo para vocês assistimos a versão americana do filme que foi lançada em fevereiro de 2012. por:MACPERTEL

1 comentários:

  1. Muito boa a crítica, bem objetiva, mas tem algum lado negativo este filme?

    ResponderExcluir